Gestão da Memória

Os fatos e os acontecimentos que construíram a identidade cultural do Poder Judiciário devem ser preservados e valorizados. Além de vasto patrimônio material e imaterial, somos guardiões da história das personalidades que moldaram e construíram nossas instituições judiciárias. Ao reverenciarmos sua memória e impedirmos que seu legado se desvaneça, nós os fazemos reviver.
Ministro José Antonio Dias Toffoli
Presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça no biênio 2018-2020

A Memória da Justiça Federal do Rio Grande do Sul é formada pelos registros que evidenciam seu papel na sociedade gaúcha e brasileira e estão contidos nos autos judiciais, documentos, objetos, fotografias, móveis e imóveis, fatos, pessoas e modos de fazer da instituição. Tais registros constituem patrimônio cultural e histórico, que devem ser preservados em conformidade com o art. 216, § 1º, da Constituição Federal.

Resolução nº 324/2020 do CNJ

A Resolução nº 324/2020 do CNJ instituiu diretrizes e normas de Gestão de Memória e de Gestão Documental no Poder Judiciário e definiu a Gestão da Memória como “o conjunto de ações e práticas de preservação, valorização e divulgação da história contida nos documentos, processos, arquivos, bibliotecas, museus, memoriais, personalidades, objetos e imóveis do Poder Judiciário, abarcando iniciativas direcionadas à pesquisa, à conservação, à restauração, à reserva técnica, à comunicação, à ação cultural e educativa” (art. 2º, II).

Portaria nº 356/2021 da JFRS

Em 19 de março de 2021, a Seção Judiciária do Rio Grande do Sul constituiu sua Comissão de Gestão da Memória, por meio da Portaria nº 356/2021, alterada pela Portaria nº 1092/2022. Coordenada pela Juíza Federal Andréia Castro Dias Moreira, é composta por colaboradores de formação diversificada, permitindo múltiplos e diferentes olhares para esta relevante competência institucional.

Compõem a Comissão de Memória da JFRS:

  • Andréia Castro Dias Moreira – Juíza Federal – 3ª Vara Federal de Pelotas
  • Cristiane Galvan de Souza – Publicitária- Núcleo de Documentação e Memória
  • Daniel Tietz Quadrado – 23ª Vara Federal de Porto Alegre
  • Ligia Luz Livi – Bibliotecária – 24ª Vara Federal de Porto Alegre
  • Mateus Paulo Beck – Arquiteto – Núcleo de Apoio Operacional
  • Patrick Lucca da Ros – Juiz Federal Substituto – 2ª Vara Federal de Bento Gonçalves
  • Piter Oliveira Vergara – Analista de TI – Núcleo de Tecnologia da Informação
  • Renata de Souza Dias Gay da Fonseca – Jornalista – Seção de Comunicação Social e Cerimonial
  • Tassiara Jaqueline Fanck Kich – Arquivista – Núcleo de Documentação e Memória